A importância do correlacionamento dos dados


A observação e análise comportamental nos canais digitais requer não apenas método e conhecimento específico, mas também, ferramentas potentes capazes de trazer as informações certas no formato certo. A principal armadilha que se encontramos em organizações de todo porte (não apenas nas grandes organizações) é a dificuldade de acesso a informações heterogêneas, não correlacionadas entre si. Muitas vezes dispõe-se de quantidades enormes de dados, mas não de informações, porque os dados não estão disponíveis num formato organizado, coerente e que facilite a interpretação voltada ao negócio. Ou ainda, os dados não estão correlacionados entre si, tornando impossível importantes leituras que fazem a diferença quando se trata de gerir negócios. Nestas condições, o erro mais comum é que o executivo "enxergue o que está querendo ver", isto é, tenda a observar informações da forma parcial ou como ele imagina que estejam organizadas, focando em aspectos que ele mesmo pre-concebeu. A verdade é que os dados escondem inúmeras leituras, as mais diferentes e sutis, e observar apenas o que nos mesmos projetamos e da forma que imaginamos, resulta numa forte limitação da nossa capacidade de julgamento e da compreensão do andamento do negócio e dos clientes. Para enxergar de forma completa o comportamento dos clientes, compreendendo profundamente o paradigma de uso dos canais digitais é preciso ferramentas de análises que transformem dados em informações, que possuam algoritmos potentes, capazes de correlacionar dados alem de nossas capacidades humanas e que tragam visões de ângulos diferentes. A ferramenta COOLADATA, coleta e harmoniza com simplicidade dados de inúmeras e heterogêneas fontes, monitorando tudo o que Clientes fazem nos canais digitais, ela consegue efetuar correlacionamentos não visíveis "a olho nu", trazendo evidências e insights fundamentais para o negócio. Alguns exemplos:

  • Qual é a relação causa-efeito que existe entre campanhas de e-mail MKT efetuadas em sinergia com Ads online e uma mudança de paradigma comportamental num funil de compra online?

  • Qual é o raciocínio lógico e qual o "caminho" nos canais digitais efetivamente percorrido pelos clientes na hora da comparação de produtos e/ou serviços e, quais são os fatores que mais impactam a conversão?

  • Como varia o tempo de decisão de compra em relação à arquitetura de informação do site WEB?

  • Qual é a relação entre os "scripts" de CRM e a eficiência de conversão dos canais digitais?

  • Quais são os produtos/serviços que mais geram interações no CRM a partir de visualizações no APP móvel?

  • Qual é o cenário em que, mais recorrentemente, certos clientes se comportam de uma determinada forma? Estas e muitas outras perguntas, são exemplos de como o correlacionamento de dados transforma oceanos de dados em informações uteis, organizadas, focadas e de interpretação imediata e que fazem a diferença ao negócio. A DIGITAL MONK, além de ser distribuidora exclusiva na Brasil da plataforma COOLADATA, possui as competências específicas para a extração de informações correlações, e criação de análises comportamentais profundas e abrangentes. 

Entre em contato e saiba mais! 

25 visualizações

© 2023 Digital Monk - Todos os direitos reservados

Siga-nos: